Tag Archives: Exame

Qual a estratégia para o exame CCNP-TSHOOT?

Este exame é composto por 3 secções, os quais já descrevi aqui no blog. A minha preocupação eram os 13 tickets do Lab devido ao fator tempo, e não tanto as questões da 1ª e 2ª secções.

Notas para o Exame

  • Todos os tickets resumem-se a problemas de falta de conetividade entre o Cliente1 e o Servidor Web.
  • No Cliente1 apenas é possível executar comandos de ping/ipconfig
  • Todos os tickets são totalmente independentes, ou seja, o Cliente1 pode ter IP no Ticket 1 e não no Ticket 2 (misconfig DHCP)
  • Durante o exame não é necessário efetuar qualquer configuração, apenas indicar qual o equipamento causador do problema e a respetiva solução.

Estratégia antes do Exame

  • Configurar de raíz a topologia no GNS3, permite ficar familiarizado com a mesma

Estratégia durante o Exame

  1. Verificar se o Cliente1 tem IP
  2. Verificar a existência de conetividade entre o Cliente1 e o Gateway
  3. Verificar a existência de conetividade entre o Cliente1 e os diferentes Routers (R1;R2;R3;R4)
  4. Verificar a existência do routing do Servidor Web e a subnet do Cliente1 nos diversos Routers

Os tickets podem apresentar problemas relacionados com: HSRP, VLAN Allowed, Peering BGP, DHCP,  Routing Redistribute, Routing Authentication, VACL, NAT entre outras.

Encontram-se abaixo disponíveis as topologias para o GNS3 e Packet-Tracer.

Topologia TSHOOT GNS3
Topologia TSHOOT Packet Tracer

CCNP Switch 642-813

Após 3 meses intensivos de estudo, fui fazer o exame e concluí o módulo CCNP Switch 642-813, este tinha 40 questões das quais cerca de 5 eram simulações (VLAN, VTP, Routing Dinâmico, 802.1x, LACP). O Score mínimo para passar no exame é de 790 dos 1000 possíveis.
Vou iniciar o módulo de Routing :) CCNP ROUTE 642-902